Translate

terça-feira, 29 de janeiro de 2013

Sinceras Palavras

"Conhecer o passado é também um caminho para entendermos melhor o presente. O blog  Colcha de versos, ao divulgar,  constantemente, em sua página, a poesia árcade e trabalhos que se voltem para essa área  não somente presenteia as novas gerações com a grandeza artística dessa época como também convida os leitores brasileiros a trilhar um dos mais belos cenários da poesia brasileira." 

Naelza de Araujo Wanderley
Profª Doutora em Literatura - UFCG
Por e-mail em 21/01/2013


Imagens da 1ª Jornada Mineira do Patrimônio Cultural - IEPHA - 2009

 

10 comentários:

  1. Esse Blog é um resgate a alma feminina e da poesia forte. beijos grande ME!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada Maria Elisa por nos acompanhar! Outro beijo para você.

      Excluir
  2. Que lindo o textinho!
    Lindo como o trabalho de Dona Zezé e cia!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é, Elodia, a Profª Naelza caprichou nas palavras. Obrigada pelo carinho de sempre.

      Excluir
  3. Belo trabalho de resgate e cidadania. Vida longa ao Colcha de Versos. Abraço, Teresa Lourenço

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É verdade Teresa, resgatar a poesia árcade para os dias de hoje, além da cultura do bordado a mão, que infelizmente vem se perdendo no mundo da industrialização são alguns de nossos desafios. Um dos nossos objetivos é a sustentabilidade por meio do artesanato, ainda que pareça utópico, temos vencido algumas barreiras, indo de encontro a digndade da mulher.Agradecemos pela visita e pelo apoio.

      Excluir
  4. Maria José e Kátia,

    O trabalho continua precioso, delicado, único!

    Qualquer hora passo na Casa de Gonzaga para conferir as novidades!

    Abraço grande,

    Yara Mattos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Agradecemos o carinho de sempre Yara. Você sabe que será sempre bem-vinda! Abraços

      Excluir
  5. Respostas
    1. Ficamos felizes com a sua opinião Parisina. Já a adicionamos no FaceBook. Abraços

      Excluir